Vendas Biotecno
Site espanhol Site inglês
NEWS

Vacinas evitam 4 mortes por minuto e poupam R$ 250 milhões por dia

Estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de um grupo de 21 pesquisadores, respectivamente, revelam que atualmente, a vacinação em massa evita ao menos 4 mortes por minutos no mundo, uma média de 2 a 3 milhões de mortes anualmente. Além disso, gera uma economia equivalente a R$ 250 milhões por dia.

Os cálculos envolvem doenças como difteria, sarampo, coqueluche, poliomielite, rotavírus, pneumonia, diarreia, rubéola e tétano. A maioria delas foi controlada ou eliminada no Brasil justamente com campanhas de vacinação, mas podem voltar rapidamente se o patamar de pessoas vacinadas cair, como ocorreu com o sarampo. No Brasil, em 2019, foram quase 18 mil casos confirmados da doença, devido à redução da chamada cobertura vacinal.

 

Benefícios econômicos da vacinação

O impacto das vacinas é calculado ao redor do mundo também sob o ponto de vista econômico. Em 2017, um grupo de pesquisadores calculou as perdas causadas por dez doenças que podem ser evitadas, entre elas, sarampo, rubéola e hepatite B.

O estudo faz os cálculos para duas décadas, de 2001 a 2020, a partir de custos de internação, medicamentos e transporte e perda de produtividade, entre outros pontos. Da economia total estimada de US$ 350 bilhões – o que dá US$ 45 milhões por dia, equivalentes a R$ 250 milhões -, US$ 240 bilhões correspondem ao que seria a renda na vida adulta dessas pessoas que morreram prematuramente.*

É por isso que a Biotecno preza tanto pela vida. A vacinação salva vidas à medida em que os imunobiológicos são armazenados e conservados corretamente.

*Fonte: bbc.com

Como podemos ajudar você? Contate-nos agora mesmo!
Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site, consideramos que você está de acordo com nossa Política de Privacidade e Cookies.