Vendas Biotecno
Site espanhol Site inglês
NEWS

Qual é a diferença entre vacinar e imunizar?

Apesar de parecerem sinônimos, existe diferença entre “vacinar” e “imunizar”. Vacinar é o ato de aplicar a vacina, mas isso não garante que a pessoa vai ficar protegida, ou seja, imunizada. 

O que garante que ela será imunizada é que a vacina tenha sido conservada corretamente, em toda a cadeia de frio, ou seja: desde a sua produção até o momento da aplicação – o que inclui transporte e armazenamento, em uma logística monitorada. Outro fator importante para a imunização é o sistema imunológico da pessoa, que precisa responder adequadamente àquela vacina. Como profissionais de saúde, a nossa parte deve ser feita: cuidar da conservação das vacinas como rege o Manual da Rede de Frio da ANVISA/PNI. Nele estão todas as normas, exigências e orientações para o correto armazenamento da vacina em todo seu ciclo (Rede de Frio). Elas devem permanecer dentro da faixa de 2°C a 8°C para manter sua integridade e suas propriedades imunizantes.

Essa e outras informações muito importantes sobre a conservação de vacinas estão disponíveis no webinar realizado pela Biotecno com Mayra Moura, Coordenadora de Farmacovigilância do Instituto Butantan e Diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações – SBIm. Acompanhe na íntegra: 

https://www.youtube.com/watch?v=iwpwbau7kwI

Obtenha o melhor desempenho e segurança para conservação de vacinas com câmaras científicas inteligentes Biotecno - a marca de refrigeração científica que conservou a primeira vacina contra o coronavírus aplicada no Brasil. Equipamentos registrados no Ministério da Saúde/ANVISA e pela FDA norte-americana, uma das agências reguladoras mais rigorosas do mundo.

Como podemos ajudar você? Contate-nos agora mesmo!
Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site, consideramos que você está de acordo com nossa Política de Privacidade e Cookies.