Vendas Biotecno
Site espanhol Site inglês
07 de Junho de 2022 | Tempo de leitura: 7 minutos

Boas práticas de vacinação: o impacto da conservação na suinocultura de alta precisão

A sustentabilidade é um assunto em evidência também na produção animal. Como na cadeia produtiva da suinocultura, por exemplo, que está diretamente ligada à eficiência e à produtividade. Melhoramento genético, eficiência alimentar, avanços na saúde do rebanho e imunização são questões importantes quando falamos em sustentabilidade.

Outro aspecto que merece atenção é entender a importância da aplicação das boas práticas de vacinação, em que a conservação dos imunizantes tem muito impacto na suinocultura de alta precisão. 

 

Entenda o que são as “boas práticas de vacinação” 

O conceito de “boas práticas de vacinação” abrange desde o recebimento das vacinas em campo até o modo como estas serão aplicadas nos animais. Ou seja, é preciso ter um armazenamento adequado, usando equipamentos que garantam as condições corretas, assim como a forma de administração das doses. 

A ciência tem investido em avanços na qualidade dos plantéis, e algumas estratégias vêm sendo estudadas e aplicadas para reduzir o uso de antibióticos na produção animal. Ou seja, é necessário maior investimento em vacinas para que seja reduzido o impacto econômico das doenças. 

Os programas vacinais são a melhor alternativa em custo-benefício para prevenir surtos e disseminação de doenças imunopreveníveis. No entanto, para melhores resultados, as doses também precisam ser manuseadas com cuidado, desde o recebimento até a forma como serão armazenadas e aplicadas nas granjas. 

 

Condições ideais de armazenamento na prática

Quando o assunto é produtividade animal, a vacinação é essencial, e por isso não podemos deixar de falar da importância dos equipamentos para armazenamento das doses. 

As câmaras científicas precisam rigorosamente atender uma série de exigências, independente do segmento. Na linha veterinária, especialmente na área de inseminação, essas demandas se destacam e fazem toda a diferença na eficácia dos itens armazenados e, consequentemente, para a lucratividade dos negócios. 

Acompanhe todos os nossos conteúdos!

O que uma câmara de conservação precisa ter:

Entre as principais exigências para o armazenamento vacinas estão: 

  • Temperatura homogênea entre 2°C a 8°C
  • Sistema de segurança para controle de temperatura em caso de falha no controlador principal
  • Sistema de emergência para falta de energia elétrica
  • Registro de temperaturas mínima e máxima atingidas

Para que o intervalo de temperatura seja respeitado é imprescindível que a câmara de conservação esteja em boas condições. Na prática do dia a dia, é importante manter as vacinas sempre organizadas no interior das câmaras, evitando a sobreposição. 

A localização do equipamento precisa também estar em um ambiente adequado, por isso deve-se evitar lugares suscetíveis a temperaturas extremas, incidência solar, presença de amônia, umidade e poeira. 

Outro fator que pode afetar a sanidade animal é a utilização de equipamentos sem backup de energia. Em casos de queda de energia a câmara científica precisa continuar em funcionamento, sem perder o controle de temperatura

 

Como escolher a câmara de conservação adequada?

A suinocultura de alta precisão necessita de tecnologia na conservação de imunizantes, e por este motivo, a Biotecno desenvolveu câmaras específicas para a suinocultura tecnificada

São equipamentos que proporcionam precisão e segurança para investimento em prevenção animal, pois a conservação ideal das doses de vacina interfere diretamente na produtividade. 

As câmaras de conservação para a linha veterinária da Biotecno possuem:

  • Sistema de refrigeração por ar forçado, que garante a perfeita homogeneização da temperatura do material armazenado;
  • Controlador de segurança paralelo, que assume e registra as funções eletrônicas do equipamento em caso de pane do sistema principal de controle;
  • Sistema de emergência que mantém o equipamento funcionando no caso de falta de energia na rede elétrica. Esse sistema foi criado pela Biotecno, e é uma inovação premiada no Brasil e no exterior por ser referência neste segmento. 

A Biotecno também conta com outras tecnologias, e dispõe de opcionais que deixam o equipamento de refrigeração ainda mais completo:

  • Software de gerenciamento, uma tecnologia embarcada que permite acesso remoto ao equipamento através de software; 
  • Sistema de movimentação de doses, que permite a organização das prateleiras com micromotor elétrico e temporizador eletrônico; 
  • Discador de celular, para casos de situação crítica de temperatura o equipamento avisa automaticamente;
  • Kit chave na porta, proporcionando segurança total para o material armazenado.  

Combine o melhor da genética com a melhor tecnologia de conservação. O resultado em sua granja será alta produtividade e eficiência.

 

Compartilhe:
Como podemos ajudar você? Contate-nos agora mesmo!
Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site, consideramos que você está de acordo com nossa Política de Privacidade e Cookies.