Vendas Biotecno
Site espanhol Site inglês
NEWS

Fiocruz começa fabricação nacional de vacina contra a Covid-19

A Fundação Oswaldo Cruz deve começar a fabricar a vacina da Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19 com o ingrediente farmacêutico ativo (IFA) totalmente produzido no Brasil no dia 15 de maio.

A ação acaba com a necessidade de importação da matéria-prima de um imunizante. A previsão foi feita pelo vice-presidente da Fiocruz, Mario Moreira, em entrevista coletiva do Ministério da Saúde na última semana. A fundação está em condições de produzir o IFA e já obteve a certificação de boas práticas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Vamos ter que produzir lotes de validação acertados com procedimentos internacionais, e a partir daí a gente já começa a produzir em escala industrial. A expectativa é que em outubro tenhamos a liberação para entregar estes lotes produzidos de maio em diante”, disse Moreira. A produção com o IFA nacional é resultado de um acordo de transferência de tecnologia entre a Fiocruz e o consórcio formado pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca. Até o momento as doses produzidas dependem de IFA importado da China.

Segunda-feira o Ministério da Saúde iniciou também a distribuição de mais um lote da vacina Covid-19 da Pfizer/BioNTech, com 1,12 milhão de doses, destinadas à primeira aplicação em pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência permanente. Todos os estados e o Distrito Federal receberão o imunizante de forma proporcional e igualitária.

Como podemos ajudar você? Contate-nos agora mesmo!
Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site, consideramos que você está de acordo com nossa Política de Privacidade e Cookies.